Comidas Típicas: Florianópolis

É difícil conter a emoção ao ver do alto a Ilha de Santa Catarina e as suas 100 praias se aproximando. Só assistindo para sentir e definir a sensação.
Ao colocar os pés neste paraíso temos alternativas para todos os gostos.

Seguindo na terceira parte da Série Comidas Típicas, desembarcamos em Florianópolis para desvendar o por quê os três pratos escolhidos simbolizam o típico “Manezinho” da Ilha.

Veja só, pela tradição gastronômica de frutos do mar, não seria justo se não partíssemos por esta direção, portanto, foi escolhido para representar a cultura de Florianópolis, a Tainha, a Ostra e a Casquinha de Siri.

.

Tainha

Geralmente a alegria dos admiradores da tainha acontece a partir do dia 15 de março, quando a temporada de pesca inicia. Desse dia até a metade de junho, os pescadores de plantão partem para as praias com as águas mais quentes, em especial a Praia dos Ingleses e a Barra da Lagoa, ocupando pequenos barracos de madeira, aguardando de dia e noite, a chegada dos cardumes que se aproximam do sul.

Como Surgiu?

Que a Tainha na brasa é gostosa demais já sabemos e quem nunca experimentou desconfia. Mas que a história dela é uma demonstração do trabalho coletivo que dá certo há anos, essa informação é novidade. Presente na tradição da cidade desde o século XVIII, a temporada da tainha não só movimenta as praias locais, como faz cada pescador trabalhar em grupo em busca da pesca perfeita.  Do espião (chamado assim), que vigia na praia e avisa aos outros pescadores quando o peixe está próximo, até a comunidade que ajuda na puxada das redes com a chegada da canoa, todos trabalham em equipe e fazem parte das 10 toneladas diárias de tainhas pescadas em mar catarinense.

Como é feito?

As alternativas são variadas, colocar na brasa ou no forno, recheá-la com farofa de camarão ou assar com sal grosso, vai da escolha de cada um. Mas saiba que independente do prato escolhido, o fundamental é saber temperar. Para o sucesso do prato o uso de um bom tempero é primordial.  Mas existem algumas outras opções de preparo. Ou então, logo você pode ver no vídeo da Ana Maria ensinando uma forma bacana de preparar a Tainha.

.

Ostras

Ostras

Florianópolis é conhecida também por ser a “Capital da Ostra”. A cidade é responsável por cerca de 90% dos crustáceos comercializados no Brasil. Rico em proteínas, o alimento tem tudo haver com o cenário ensolarado da cidade.

Como Surgiu?

Para descobrirmos como o consumo da ostra surgiu em Florianópolis, teremos que voltar em 1984, quando a pesca artesanal entrava em decadência. Apesar do início da modalidade ter sido para complementar a renda dos pescadores artesanais, ao longo dos anos, o comércio passou a se profissionalizar e se tornou a principal atividade de produção, ganhando o gosto dos moradores. Hoje em dia, ostras de altíssima qualidade são produzidas nas cercas de 130 fazendas marinhas localizadas no Ribeirão da Ilha.

Como é feito?

Parecida com atainha, a ostra também traz suas variações, portanto, o detalhe importante a ser seguido, independente da forma do preparo, é o cuidado com a conservação.  A Ostra estragada pode até matar.  Escolha a sua favorita e prepare.
Mas, se ainda estiver na dúvida, siga nossa dica, Ostras Gratinadas são excelentes!
Coloque um pouco de requeijão, provolone e parmesão dentro de uma Ostra aberta. Leve ao forno até derreter o queijo e pronto! Simples assim!

.

Casquinha de Siri

Casquinha de Siri

Apetitoso, irresistível e com a cara de Florianópolis. Após experimentar a Casquinha de Siri dá para entender o porquê o prato é tão contemplado pelos moradores.

Como surgiu?

No século 17, junto com os imigrantes portugueses, desembarcava a Casquinha de Siri na Ilha da Magia. A partir daí, a Casquinha de Siri, como outros produtos que chegam de fora, ganham variações até tomar o jeito brasileiro.

Como é feito?

Para preparar o prato é preciso obter uma panela média,  por conta da quantidade de ingredientes que a preparação da casquinha de siri precisa. Ao todo são 13 ingredientes.
Coloque a carne de siri para esfriar bem, misture o pão esmigalhado com os demais ingredientes, menos os ovos e as alcaparras. Para finalizar, junte a carne já fria e recheie as casquinhas de siri. Se preferir enfeite com os ovos e alcaparras. Processo concluído. Agora é só se servir em seguida.

Anote os ingredientes:
1 xícara de chá de maionese
1 xícara de chá de creme de leite
1/2 xícara de chá de alcaparra escorrida
1/2 xícara de chá de salsa picada
2 colheres de sopa de conhaque
1 colher de sopa de mostarda
500g de carne de siri limpa e bem aferventada
4 fatias de pão de fôrma
4 ovos cozidos picados
1 cebola média picada
Sal
Pimenta-do-reino
8 casquinhas de siri limpas

.

Não pense que em Florianópolis existe diversão e bons pratos somente no verão.
Floripa é destino certo em qualquer época do ano.
Empresas como TAM Linhas Aéreas sempre oferecem passagens aéreas promocionais para a Ilha da Magia.
Fique atento!
Por ser baixa temporada, você poderá encontrar Hotéis em Florianópolis com excelentes preços.
.

E agora, como prometido, uma super dica da Ana Maria para você preparar a sua tainha.
Confira:

1
Gostou do tema de hoje?
Envie os seus comentários
Você precisa estar logado para enviar comentários LOGIN
saci 17-03-2013 so isso??????????????????????
Luiza 06-11-2012 Muito bbomm
Luiza 05-11-2012 Muito boas essa comidas Hummm dá agua na boca
camila 26-04-2012 muito bom
Sharno cohen 15-05-2011 Parece tão deliciosa! Você pode comer? -Sharon

Notas relacionadas