Como tirar o visto americano

Ao planejar uma viagem aos Estados Unidos, é importante saber que para conhecer o segundo maior país das Américas, além do passaporte – documento obrigatório para a entrada de estrangeiros em um país – é necessário tirar o visto americano.

Nova_York

Para facilitar a vida dos viajantes, preparamos um passo a passo de como tirar o visto americano. Confira:

1 – Formulário DS-160

O primeiro passo para tirar o visto é preencher o Formulário DS-160 – disponível no site do consulado estadunidense. Ao acessar essa página, você precisa escolher o consulado americano onde deseja fazer sua entrevista (presencial) e, claro, preencher o documento. Para isso, clique em “Start an Application”. O formulário é extenso e demanda muita atenção, por isso é recomendável escolher um momento tranquilo para preencher o documento. Caso seja necessário, é possível interromper o processo e retomá-lo em outra hora. Para evitar problemas, antes de finalizar o preenchimento e enviar o formulário, certifique-se de que todas as informações estão corretas.

Site_consulado_americano

 2  Pagar a taxa e agendar CASV

Depois de preencher devidamente e enviar o formulário, é hora de emitir o boleto para pagamento da taxa. Para isso, é necessário fazer um cadastro no Site Oficial de Informações de Visto para os Estados Unidos. Após acessar a página, clique em “Criar Conta”. Você vai precisar preencher alguns dados e solicitar a marcação da entrevista. Lembre-se de selecionar o mesmo consulado solicitado antes, no formulário DS-160. Escolha também como você deseja receber o visto – pode ser entregue em casa ou retirado no CASV de sua preferência. O próximo passo é pagar a taxa cobrada pelo visto. O pagamento pode ser feito via boleto bancário ou cartão de crédito. Ao usar o cartão, o sistema confirma imediatamente o pagamento e libera a marcação da entrevista. Caso prefira boleto, você precisa esperar 24h para confirmar e continuar o precesso. Feito o pagamento, você deve agendar as entrevistas. O primeiro encontro é para cadastramento inicial de suas digitais e obtenção de foto no CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto) e o segundo é para a entrevista no consulado de sua preferência.

3 – Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto – CASV

O atendimento nesses postos são bem tranquilos e são realizados para agilizar o andamento das entrevistas nos consulados. Você precisa levar o passaporte (validade mínima de seis meses), confirmação de envio do formulário DS-160 e confirmação do agendamento da entrevista, ambas impressas. No CASV eles vão conferir seus documentos, colher suas impressões digitais e tirar a foto que vai constar no seu visto. É permitido levar celulares e chaves, mas os aparelhos precisam estar desligados.

4 – Entrevista no Consulado

Você precisa estar preparado para algum tempo de espera no consulado. O tempo médio de atendimento é de 1h30 a 2h. É importante chegar com pelo menos uma hora de antecedência, mas como os horários são agendados, não precisa exagerar na dose de ansiedade. A entrevista é tranquila e não é comum a recusa de visto para brasileiros sem motivo aparente. A dúvida mais comum dos viajantes é sobre quais documentos levar e em que idioma é realizado a entrevista. Obrigatoriamente você precisa levar a confirmação do formulário DS-160 e o seu passaporte (validade mínima de seis meses). Caso já tenha tirado visto para os Estados Unidos, leve o passaporte antigo também. Embora não seja comum a solicitação de outros documentos, é recomendável levar aqueles que comprovem as informações contidas no formulário, como carteira de trabalho e contra-cheque. Se preferir, a entrevista pode ser realizada toda em português. É difícil o visto ser negado imediatamente. Se não conseguir comprovar alguma coisa, seu visto pode cair em exigência e você vai precisar retornar com o documento solicitado. Para evitar transtornos, leve todos os documentos que achar necessário para comprovar que você tem vínculos no Brasil e pretende voltar.

A entrevista é simples e as perguntas sempre são as mesmas. Segue alguns exemplos:
● Você já esteve nos Estados Unidos?
● Já esteve em outros países? Quais?
● O que você faz no Brasil? Qual o seu rendimento mensal?
● Você tem parentes nos Estados Unidos?
● Que lugares você pretende conhecer nos Estados Unidos?

Após a aprovação, seu passaporte fica retido no consulado e será devolvido de acordo com a sua preferência no momento do agendamento (em sua residência ou no CASV).

Pronto! Agora com o visto americano em mãos, você já pode conhecer tudo o que a terra do Tio Sam tem a oferecer. Confira dicas para primeira viagem aos Estados Unidos e boa sorte!

banner dinâmico blog decolar.com

10
¿Te gustó este artículo?
Envia tu comentario
Debes estar logueado para poder comentar LOGIN
Anónimo 28-02-2015 kkkkParabéns pela conquista Felipe, além de esclarecedora, foi divertida a maneira que você narrou.
Cleo 19-06-2014 Olá, tirei o meu visto, tudo dentro da normalidade, exceto a falta de educação dos policiais da segurança. Achei muito grosseiros, o trabalho exige firmeza, mas educação cabe em qualquer lugar.
felipe 19-03-2014 Retornei após ter sido entrevistado. Não foi /é nada fácil. O preenchimento do DS160 é tranqüilo, o problema apareceu quando fui enviar o formulário. No momento de adicionar membro da família, minha esposa e minha filha ficaram (exatamente) com os mesmos sobrenomes que os meus. Quando tentei corrigir esse campo já não aceitava mais edição. E sempre aparecia o seguinte erro: "Erro ao criar solicitante". Tentei de tudo, ate preenchi novamente os DS's (pior coisa que fiz). Pois bem, a única maneira de conseguir prosseguir com o envio e agendar as entrevista foi: Criar um novo perfil, inserindo um espaço entre as letras e os números do passaporte, pois se eu os digitasse juntos, remetia sempre ao perfil com os sobrenomes errado (esse sim foi o pior erro que eu poderia ter cometido). De qualquer forma consegui agendar as entrevistas. A chegada no CASV do alto do Pinheiros foi bem tranqüila, muitos estacionamentos disponíveis (R$20,00 o dia) e uma fila imensa nos aguardando (porem muito rápida). Como nosso horário estava marcado para as 11:30, chegamos as 10:30 pois não somos de São Paulo. E como o percurso é imprevisível, melhor antecipado que atrasado. Pegamos a primeira fila: Desligamos os celulares, analisaram as confirmações, passaportes, agendamentos e entramos. Pegamos a segunda fila (muita gente, porem muito rápida também) e apresentamos os referidos documentos. E a funcionaria muito educada pegou os passaportes escaneou juntamente com a confirmação da DS, bem tranqüilo, sem novidade. No momento que foi passar o da minha filha e de minha esposa, ERRO ..Tentou novamente e ERRO. Perguntou-me sobre quem agendou nossas entrevistas, quem preencheu o DS160, disse que fui eu, e de fato foi mesmo. Ficou pensativa e perguntou como havia conseguido fazer tal proeza, pois havia dois preenchimentos de DS para cada pessoa, e dois perfis para minha esposa e minha filha. (já fiquei pensativo sobre qual gênio eu fui. Kkk minha esposa fez uma cara para mim,,,) Expliquei sobre o erro e ela me perguntou se eu tinha pressa, pois para corrigir os cadastros demoraria um pouco. Disse que poderia levar o tempo que fosse. Levou alguns minutos e nos chamaram novamente. O erro foi corrigido, pois foi justamente o espaço que deixei entre as letras e os números dava o erro no sistema dela, e quando ela tentava retirar esse espaço, remetia ao cadastro antigo (o errado). Pois bem, tudo corrigido, tudo certo. Perguntei se ocorria com freqüência esse erro, ela me disse que sim. Fiquei aliviado, e eu não mais apanharia da minha esposa, que já estava me olhando como ódio no coração pensando o que faria comigo em casa, pois tinha acabado de rasgar US$480. kkk Fomos para uma terceira fila (bem menor). Tiramos as fotos, marcamos as digitais, e fomos embora. No dia seguinte (ontem) fomos ao consulado. Muito, mais muito mais gente, porem chegamos e já fomos para a fila das 11:30. Logo liberaram nossa fila e fomos recepcionados por alguns “mesários” que ficam com nosso passaporte. Acredito que passa por uma pesada analise nesse momento (explicarei o porquê depois...) E nos encaminharam para uma fila bem maior, onde todas as 4 ou 5 filas anterior se encontravam. La nessa fila, a fila da revista tivemos que tirar os cintos e guardar tudo que estava em nossas mãos e nos bolsos na pasta que carregávamos os documentos. No momento da revista, entra quatro por vez em uma sala, onde passamos por um detector de metais, e nossas coisas numa esteira ao lado (raio-x), nesse momento os seguranças são um pouco mais ríspidos, e solicitam pressa (compreensível, pois a fila estava imensa, e entravam apenas quatro pessoas por vez, em cada uma das três salas). Após isso fomos direcionados a um grande saguão, onde víamos uma área com muitos bancos para aguardamos sentados chamarem nossos nomes e devolução dos passaportes. Como havia muita gente, ficamos em pé, e esperamos um pouco mais que nas outras filas. Percebi que as pessoas que estávamos próximas a mim lá na entrada, na primeira fila já tinham sido chamadas e já estavam aguardando a entrevista. Fiquei preocupado (e não para menos). Logo em seguida nos chamaram, e nos disseram para nos dirigirmos ao guichê 19. Lá poucas pessoas (talvez três ou quatro pessoas estavam lá), porem não nos entregaram nossos passaporte. Fiquei ainda mais preocupado. Passou o funcionário que anunciava os nomes das pessoas, e perguntei: “Por que quando você chama os nomes das pessoas entrega seu passaporte, direciona para a entrevista, e os nossos não nos devolveu?”. Ele respondeu: “Os seus passaportes ficaram para ter uma analise mais criteriosa, pois por algum motivo eles querem tirar algumas duvidas”. Pensei: (ferrou), será que foi aquele erro ainda?! Quando fomos atendidos uma funcionaria muito educada perguntou da presença de todos, e conferiu a fotografia do passaporte com nossa fisionomia, e em seguida pediu uma foto da minha esposa. Entregamos a que tínhamos, uma 3x4 que ficava em minha carteira. E Aguardamos sermos chamados para a devolução dos passaportes e encaminhamento para entrevista de fato. Nessa hora minha esposa disse que desistiria se não fossemos aprovados. Assim feito, encaramos uma grande fila, tipo a da montanha russa do Hopi Hari (brincadeira,,,) Nessa fila dava para ver as pessoas sendo entrevistadas, todas elas, ora dos guichê 01 ao 06, ora do 11 ao 17. (os guichês 07, 08, 09, 10 e 18 não estavam operando). Percebi que o guichê 17 que se encontrava uma mulher, o 02 e 07 que se encontravam homens, as entrevistas eram muito mais criteriosa, demorava mais, verificavam documentos. Mesmo estando como toda a documentação correta, e sendo verdadeiro nas respostas do DS. Aqueles importunos me deixou muito nervoso. E ver constantemente as pessoas sendo reprovadas, deixou-me ainda mais nervosos, (sim, da para ver as pessoas sendo reprovadas, e aprovadas). Quando ficamos à frente da fila e aguardando o direcionamento para qual guichê iríamos, isso ± em frente ao guichê 10. Na minha cabeça se passava, o “02, 07 e o 17 não....”. Eis que aparece em nossa frente um homem pegando um fone, e solicitando o nosso deslocamento a cabine 10. Ele acabara de chegar do almoço... Fiquei com receio, pois não deu para fazer uma media visual das rejeições dele... Um senhor branco, calvo, de óculos com um sotaque muito forte, e educadíssimo nos recepcionou: Ele: bom dia; Eu: bom dia; Ele: tudo bem? Eu : sim, tudo bem; Ele: quantas pessoas irão viajar? Eu: três, porem minha filha não veio; Ele: vão para onde? Eu: Orlando; Ele: Já viajou para fora do país antes? Eu: não; Ele: O que você faz no Brasil? Eu: não entendi sua pergunta (estava muito barulho, e ventava muito La fora); Ele: o q u e v o c e f a z n o B r a s i l ??? Eu: trabalho com () a seis anos nessa empresa; Ele: e voce? (perguntou para minha esposa) Ela: sou (); Ele: em qual empresa? Ela: (); Em todo momento ele batia freneticamente na letra “v”, e clicava alucinadamente no mouse. De repente ele levanta da cadeira e sai do guichê. Na minha cabeça ficou: “mer,, deu erro de novo, agora não vai ter jeito, fui reprovado”. Porem acredito que é intencional essa saída repentina, apenas para ver nosso comportamento. Ficamos estáticos, não piscamos, após alguns segundo ele voltou, pediu para eu colocar nossas digitais na maquina, posteriormente minha espoca. Entregou um pequeno papel branco, riu e disse: “Parabéns, seus vistos foram aprovados” Nossa, foi emocionante. Depois de tantos contratempos, em fim, vistos aprovados. Esse momento é realmente muito estranho, pois pessoas que você não conhece têm sucessivamente os vistos rejeitados, ali ao seu lado, mesmo sem conhecê-las ficamos chateados, pois todos ali estão com a mesma expectativa que você, pagaram a mesma taxa que você, e estão esperando realmente uma resposta positiva. Pois bem, realmente um texto longo, mais não poderia deixar de dar esse feedback a vocês, pois esses depoimentos realmente me ajudaram muito. Muito obrigado, E Orlando,,,,ai vou eu!
Júlia 18-03-2014 Olá; não sou de uma cidade que tenha consulado americano, mas estarei de 7 a 10 de maio em São Paulo, e gostaria de aproveitar estes dias para fazer o visto. Pergunta: é possível fazer meus agendamentos para datas específicas, escolhidas por mim, para aproveitar a ida? Obrigada
ariane 18-02-2014 muito boas as informações ajudaram bastante!obrigado
felipe 04-02-2014 Primeiramente parabéns pelo trabalho, e obrigado em compartilhar experiência a outras pessoas. Há tempos minha esposa e eu temos vontade de visitar os EUA, e depois do nascimento de nossa filha, preferimos aguardar ela ter idade suficiente para entender, e aproveitar um passeio como esse (caro e esporádico). Como nunca ocorreu antes, conseguiremos sair de ferias no mesmo mês, e por sorte, será mês de ferias escolar (julho). Decidimos então, programar nossa viajem a Disney, visitamos algumas agências de viagens, pessoas que já foram, e muitos sites. Algumas agências nos colocavam em alguns dilemas para essa viagem. O fato de não termos ainda os passaportes (já agendado na PF) e a seguinte questão, a proximidade da (possível) viagens. O questionamento que nos fizeram foi o seguinte: "Terão que providenciar os passaportes, visto, e comprar as passagens aéreas, hotel, ingressos, etc. Porem, o visto pode demorar um pouco, quando sair, e se sair, o valor das passagens será um absurdo. Então verifique o que é mais vantagem para você, se não sair os vistos, perderá algum dinheiro com o cancelamento das passagens. Porem, se o visto sair, pagara um valor muito alto por elas" Minha esposa e eu pensamos, e concluímos,,, "Vamos arriscar" E compramos as passagens aéreas, e reservamos hotel em Orlando. Semana que vem iremos providenciar os passaportes e o DS160. Minha dúvida é a seguinte: Temos boas chances de conseguir o visto americano até julho? Quando perguntado quanto tempo ficarei lá. Devo mencionar que já temos tudo reservado, para a ida e volta (passagens e hotel)? (seria encarado como prepotência ou displicência nossa?). Muito obrigado novamente pela atenção
Monica Helena 03-02-2014 Muito obrigado pelas dicas....tentei fazer mas é um pouco complicado, tem que ter um bom inglês ser bom em trâmites e etc... mas tranquilo contratei um despachante fizeram tudo para mim, já comprei minhas passagens na DECOLAR... agora em junho estou indo conhecer a famosa NY..... huhuuuuuuu Obrigado Decolar!
Sergio 03-02-2014 Boa iniciativa, por ano centenas de pessoas desistem de conhecer os EUA por falta de informação, por dor de cabeça com a documentação, e outros. Informações precisas contidas neste blog!! Tks,
Georgina 27-01-2014 Obrigada pelas informações claras e objetivas. Valeu! Parabéns pela louvável iniciativa.
Vanessa 17-01-2014 só não entendi uma coisa, aproveite a big apple(a bebida rs). Obg me ajudou muito, dezembro ou janeiro estarei embarcando *--*
Fernando 15-01-2014 Estamos arrumando a mala, obrigado
Rogério Ferreira 12-01-2014 Muito útil e esclarecedor ! Obrigado.
Anna 04-12-2013 Me guiei por esse roteiro e deu tudo certo! Ajudou muito o post. Obrigada!
Juliana Guerreiro Lira 04-12-2013 Obrigada pela ajuda. Foi muito útil!!!! Valeuuu!!
ZIMAURA ARMADA 02-12-2013 Informações objetivas é exatamente disto q precisamos p simplificar nossas vidas. Parabéns à Produção Zimaura Armada
Cleofas Moura 27-11-2013 Prático e objetivo nas informações. É o que eu precisava saber.
Thais 24-11-2013 Bastante esclarecedor esse blog. Tem informações que eu não consegui nem no site oficial da embaixada. Me ajudou muito. Parabéns, Decolar.
Domingos 21-11-2013 obrigado!Estou a preparar para tirar visto,agradeço muito pela ajuda! Muito obrigado.
Cintia 12-11-2013 Boas informações obrigado!!!!
PAULO 21-09-2013 me ajudou bastante.. parabenizo quem o fez... e o convido a conhecer ilhabela...

Notas relacionadas